Por-que-o-sistema-não-cálcula-Lei-da-Transparência-IBPT

O sistema não está gerando as informações de valor aproximado de tributos (IBPT).

Olá!

Você que emite NF-e  notou que os valores aproximados dos impostos não estão sendo calculado ou valor está incorreto.

Pela lei da transparência as notas emitidas para o consumidor final tem que constar essa informação, com o total dos impostos o mais aproximado possível do real.

Após ter feito  a analise nos parâmetros e os percentuais dos impostos, você não encontrou onde está o problema.

Já tivemos alguns chamados  abertos por este motivo no CSA(Central de Suporte Anadi). Após analisar os requisitos necessários para o calculo, montamos um roteiro para você ir direto ao ponto.

Este procedimento é para quem tem o SIGACOM, SIGAEST  e o SIGAFIS.

Não vamos tratar do  SIGAEIC nesse post,  não segue o mesmo roteiro dos demais.

Vamos seguir o um roteiro que elaborei pra você  seguir  para solucionar este problema de calculo dos valores do imposto, conforme exige a lei da transparência.

PROCEDIMENTOS

1.  A tabela IBPT é atualizada a cada 3 meses. Ela é gerada por UF e gravada na tabela CLK que armazena todas as informações da importação. Para cada novo arquivo lido para um novo período de vigência, são criados novos registros na tabela, mantendo todos os lidos anteriormente.

Para baixar a tabela, devemos acessar a pagina https://deolhonoimposto.ibpt.org.br/

e fazer o cadastro caso ainda não tenha no portal.

2. Faça o DOWNLOAD do arquivo da UF  emissora de NF da empresa.

Descompactar o arquivo que será que vem no  seguinte padrão de nomenclatura:

TabelaIBPTax+UF+Versão da tabela. Ex: TabelaIBPTaxAM14.2.a.csv.

3. Agora que temos o arquivo atualizado para importação, vamos acessar o módulo SIGAFIS para executar a leitura dos dados do arquivo, acessando a opção do menu

CADASTROS/TABELA IBPT

4. Acessando o programa de CADASTRO DE TABELA IBPT, vamos em OUTRAS AÇÕES/IMPORTAR.

5. Vamos localizar onde salvamos o arquivo para importação em nossa maquina e iniciarmos a leitura.

6. Após a conclusão da leitura do arquivo, o sistema retorna ao menu principal do SIGAFIS.

O  cadastramento de código NCM pode ser feito manualmente, esta opção é o primeiro botão do CADASTRO DE TABELA IBPT.

Nesse post a ideia é tornar mais simples e rápida a entrada dos dados da tabela, sem contar que não ocorre erros de digitação na importação.

Assim concluímos a nossa dica que com certeza facilita a atualização do cadastro dos códigos NCM.

E aí, gostou dessa dica?

Faça seus comentários, de sugestões, faça sua critica  ou  um elogio.

Fique ligado, em breve traremos mais uma dica útil de uso dos recursos do seu ERP Protheus(R).