como-gerenciar-meu-rh

Como gerenciar melhor meu RH

A palavra “produtividade” é uma das preferidas pelos líderes empresariais, mas como gerenciar RH para obtê-la de fato? Foi pensando em responder a essa questão que preparamos este post para você.

A seguir, apresentamos algumas excelentes soluções para que esse setor da sua empresa obtenha melhores resultados e seja, é claro, mais produtivo. Boa leitura!

Implemente um software de gestão

Todos sabem a importância da tecnologia para aumentar a produtividade. O que pode não ser tão óbvio é que o setor de RH deve estar plenamente investido em sua capacidade de utilizar as soluções tecnológicas de forma eficaz.

Por exemplo, compreender o custo total de uma tecnologia, dominar os desafios da implementação e desvendar o enigma da baixa adoção de usuários — tudo isso pode ser facilitado por meio da implantação de um software de gestão que auxilie os profissionais do setor a acompanhar e analisar a equipe, com informações mais precisas.

Para alcançar esse objetivo, você deve pesquisar: visite feiras de tecnologia, converse com colegas de outras empresas e reserve um tempo para assistir a demonstrações de fornecedores. Quando se decidir, não lide com o sistema como apenas um trabalho a ser feito, mas como uma oportunidade de aprendizagem.

Além disso, ao contratar colaboradores para atuarem no RH da sua empresa, dê preferência a candidatos que possuem conhecimentos prévios acerca de tecnologia. Nesse momento, procure responder a estas duas perguntas:

  • como você avalia a capacidade da sua empresa em aproveitar ao máximo a tecnologia, dentro dos orçamentos existentes?
  • o que pode ser feito para melhorar?

 

 

Prefira especialistas em RH em detrimento dos “cumpridores de tarefa”

Os profissionais do setor, em geral, colocam fortemente o foco no atendimento ao cliente interno: quando um líder diz que quer algo, o RH apressa-se em entregar. O problema é que os líderes nem sempre têm uma compreensão clara das questões de talento e de como abordá-las.

Por exemplo, eles podem solicitar relatórios detalhados sem se darem conta da quantidade de trabalho necessário para criá-los ou qual a melhor forma de utilizá-los. Os “cumpridores de tarefas” fazem o que podem para ajudar, mesmo que isso não seja produtivo.

Os especialistas em RH, por outro lado, sentem a necessidade de questionar — o que, efetivamente, estamos tentando resolver? Ou: qual é o problema real? Não se trata de ser pedante, mas de garantir que as suas habilidades e tempo sejam usados para fins realmente produtivos.

Foque a prevenção de crises internas

É impressionante observar como alguns departamentos de RH ficam constantemente presos no modo de “combate a incêndios”. Pode ser emocionante estar sempre correndo e lidando com crises, no entanto isso não é exatamente algo produtivo.

Na verdade, se você está sempre resolvendo problemas e crises, algo deve estar muito errado na empresa. Tal círculo vicioso não é, necessariamente, culpa do setor. Todavia, cabe a ele a responsabilidade de descobrir como evitar essas situações.

Gerenciar RH eficientemente significa, também, atuar preventivamente para impedir a eclosão de crises e manter um fluxo saudável de trabalho.

Gostou do nosso post? Então, não perca a oportunidade de saber como um software pode ajudar na gestão de RH!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *